Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

damas2



Segunda-feira, 11.08.08

Duas damas contra uma - I

Por Luís Xavier

É sabido e notório que duas damas não conseguem derrotar uma. Não conseguirão mesmo? Espere leitor, vou continuar a falar do jogo da nossa predilecção, não de ilusionismo!

Os problemistas sempre perseguiram o impossível. A obra máxima será aquela que “todo o mundo” aposta num resultado, digamos empate, e o problemista consegue demonstrar a vitória! Uma aproximação ao máximo é elaborar algo que não lembre ao vulgar damista. Algo que se avizinhe do sonho. Aí está: Duas damas vencem uma! Bastando tão-só encolher um pouco o tabuleiro. Encolher o tabuleiro?, estranhará o leitor. Para ser mais específico: inutilizar uma parte do praticável. Restringir o campo de actuação das peças. Como consegui-lo? Veja-se a situação em baixo:  

duas-1.jpg
Jogam brancas e ganham

Este trabalho foi imaginado em 1985, mas só conheceu a luz pela primeira vez em 1990. Não foi um sucesso brilhante, pelo facto de apenas ser uma ampliação duma ideia há muito conhecida (Pedro R. Montero, 1591), a saber, por exemplo: (03), 04, (09) x 08, 17, (30) JBG.

Solução: 03-16 (ameaça 09-27), 30-21; 09-02 (ameaça 02-11), 21-30; 02-20 etc. GB.

</span></b></p></span></b></p>

No entanto foi um importante passo rumo ao que no ano seguinte viria a fazer. Entretanto veja-se a solução deste: 03-16, 17-13; 24-06, 30-17; 16-03, 17-30; 06x17, 30-27; 17-21, 27-30; 03-17, 30-16; 21-30, 16-12; 17-03!, 12-16 (ou 12-19; 30-26 e 03-12 etc. GB); 03-06 (A), 16-12; 30-16, 12-19/03; 06-16/17 GB e

(A) Se esta manobra tivesse sido executada pela outra dama agora daria aso a 16-07 e 08-04 E.

</span></b></p></span></b></p>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por lusodama às 22:31



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31