Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

damas2



Segunda-feira, 25.05.09

Uma situação manhosa – I – (A prisão como acessório)

Por Luís Xavier

Há cerca de um mês imaginei o seguinte desfecho: 02, 04, (09) x (03), 05, 06, 07, 10, 11 JPBG.

Aquela prisão é um acessório que possibilita a expressão de algumas ideias artísticas sem o qual nada feito! A prisão como acessório da composição foi uma minha “descoberta” de grande interesse e ainda pouco divulgada. Dou outro exemplo mais rico: Fiz alguns trabalhos – há muitos anos – com o seguinte remate: 02, (17), 24 x (01), 05, 09, (28) JPBG.

- se 28-31; 17-13 GB.

- se 28-19; 24-28 e 17-10 GB.

Um remate onde se associa os temas cerco e (bloqueio) bipolar, graças àquela prisão no canto inferior direito.

Em caso extremo a prisão como acessório da composição permite que duas damas vençam uma! Mas deixo esta magia para outro texto e retomo o desfecho do início deste escrito. Não seria difícil fazer um problema que culminasse no dito desfecho (a dama branca a capturar para a #09)... Mas é de preferir um estudo.

Entre outras ocorreu-me esta situação:

diag1.jpg

Não é possível conseguir nada mais simples, partindo daquela ideia rematadora. É fácil de antever que o peão da #16 deverá promover-se e ajudar a dama branca a controlar o “solto” peão da #29. De notar que o dito peão branco não está atrasado. Se as pretas se limitassem a jogar 29-26 e 26-22, depois de 09x31 as pretas não se libertariam do sufoco, pois 05-01; 31-09 e nada impedia de serem totalmente aprisionadas!

Resta-me deixar a pergunta: A posição diagramada é de vitória branca? Concretamente, jogam as brancas e?

(Continua)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por lusodama às 23:21



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31